Cabinas Infravermelhos

Os raios infravermelhos fazem parte do espectro solar. São estes raios que fazem sentir calor ao tomar banhos de sol. No entanto não devem ser confundidos com os ultravioletas, que são os raios que causam o bronzeado e as queimaduras provocadas pela exposição solar.

A exposição a esta radiação é comprovadamente benéfica para o organismo.

Funcionamento

São utilizados painéis de cerâmica electricamente aquecidos. Graças à disposição dos painéis, 80 a 85% da radiação irá aquecer o corpo, perdendo-se apenas 15 a 20%. Desta forma, o corpo absorve plenamente os raios e capta a energia benéfica por eles transmitida.

Efeito

Os raios penetram de forma profunda no corpo, aquecendo-o. O organismo reage, acelerando a pulsação e o fluxo sanguíneo. Como forma de combater o aquecimento, o corpo inicia uma reacção natural de transpiração. Nesta segregação corporal estão diluídas gorduras, colesterol, ácidos, amoníacos e acima de tudo metais pesados como o chumbo, o cádmio, o níquel, o cobre ou o sódio. Gera-se também um alívio para as tensões musculares, lesões nos tendões e para o organismo como um todo.

Esta técnica foi inventada no Japão em 1967 com fins medicinais.

Efeito das cores

O sistema pode ser combinado com a geração de luzes coloridas. Esta cor pode criar um efeito de harmonia e transmitir sensações positivas e relaxantes.
O vermelho transmite energia e vitalidade.
O amarelo desperta e torna-o mais positivo.
O verde representa expectativa e calma.
O azul ajuda a descansar e a reduzir o stress.

Vantagens

  • Apenas um pequeno espaço é necessário para instalar uma cabine de infravermelhos.
  • Não existem problemas com a geração de humidade, pelo que podem ser instaladas em qualquer local.
  • Existe uma vasta gama de cabines disponíveis, de vários tamanhos e acabamentos.
  • A atmosfera da cabine é facilmente tolerável e o efeito de transpiração pode iniciar-se aos 30º.
Cabine de infravermelhos